;

Busca Rápida

domingo, 12 de julho de 2009

Qual é sua escolha

TEXTO: Mt. 27.15-21. Qual é a sua Escolha
INTRODUCAO
Deus da às pessoas o direito de escolha, e por isso podemos fazer o que nos apraz. Conforme a parábola do filho pródigo Lc 15.11-32, o pai não aprisionou o filho quando este escolheu viver em uma terra longínqua. Mas quando este escolheu voltar, o pai o recebeu com alegria. Deus espera que escolhamos o melhor. Qual e a nossa escolha?
1. Cada Um Escolhe O Que Quer
1) Lc 15. 13-15: A escolha - O filho mais jovem optou por deixar o pai, onde tinha todo o sustento, para tentar uma vida em sua individualidade. Deus permite-nos a escolha.

2) Jo 5.44: Escolha certa - Nossa escolha deve ser Jesus o Salvador, o qual é o único caminho que nos conduz a vida eterna.

3) Ap 22.17: Da água da vida - A escolha da água da vida e para quem desejar. Podemos optar em Dela beber e Dela não beber.
2. Existe Somente Duas Escolhas
1) Mt 27.17 - Podemos escolher a Jesus ou Barrabás. Quem escolhe Jesus, terá água da vida para beber, e dela bebendo jamais terá sede. Quem optar por Barrabás terá uma vida de sofrimento e derrota, pois nesse o galardoador da vida não esta.

2) Tg 4.4: A Deus ou ao mundo - Podemos escolher a Deus ou ao mundo. O mundo está repleto do mal, se nele optarmos viver, Cristo não habita em nos, e nas trevas estamos, e por não crer em Cristo já estamos condenados.

3) Sl 1.6: O caminho dos justos ou dos ímpios - Existe dois caminhos, o dos ímpios que vai ao lago do fogo, que e a condenação eterna, e o caminho dos justos o qual e chamado Jesus Cristo o caminho que leva a salvação e a paz eterna com o Pai. Podemos escolher permanecer perdidos ou achados, podemos escolher a vida ou a morte.
3. Reconhecendo O Melhor e Escolhendo o Pior
1) Mt 27.24: Como Pilatos - Pilatos sabia que Jesus era justo e causa alguma tinham contra Ele. Mas optou Pilatos por lavar as mãos, escolhendo assim o pior.

2) Lc 18.18,24: Como o filho prodígio - O filho prodígio sabia que estar com o Pai era melhor, mas optou por sair para uma terra longínqua.
Conclusão
1. Mt 27.54 - Devemos reconhecer e viver Jesus como de fato Ele e, o verdadeiro filho de Deus.

2. Lc 15.20,21 - Voltar ao Pai, como fez o filho pródigo. Escolher a Cristo ou não escolhe-lo e o que determinara nosso destino eterno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Horário & Dia

;
 
Designe do site Mateus Frassini